FANDOM


— No episódio anterior de Drama Total O Castelo Assombrado! — Aurora mostra cenas do episódio anterior em seu telão. —  Os competidores acabaram desmaiando com o gás verde que foi expelido pelos arredores, e quando despertaram, perceberam que não estavam mais no castelo. — A cena onde Logan desmaia no confessionário é vista. — Violette se juntou temporariamente aos Golfinhos no desafio de resgatar Vicky, que estava presa em uma parte da floresta. — A cena onde Penny e Rocky cochicham entre si olhando para Violette é vista. — Pepper foi rejeitada por sua própria equipe e após ser eliminada teve o famoso surto histérico de celebridade. Será que com a redução drástica das Borboletas o relacionamento entre Penny e Vicky irá começar a melhorar? Fiquem ligados em DRAMA! TOTAL! O CASTELO ASSOMBRADO!

— Pois é meninas, pelo visto o nosso tempo perdido não adiantou de nada. Graças ao planejamento do desafio da Aurora, o nosso bolo com laxante nem chegou a ser entregue para a Vicky. — May disse enquanto ajeitava seu travesseiro. — Mas devo admitir que ela nos pegou de surpresa, as chances de o desafio acontecerem na floresta eram mínimas, praticamente incalculáveis.

— Acho que nós temos que parar com essas brincadeiras infantis e começar a trabalhar a sério em equipe se quisermos flagrar a Vicky. Não adianta nada a gente dar o troco na mesma moeda se ela vai revidar, nós temos que usar a sua câmera e conseguir a prova de que ela armou pra cima do Eliott. — Rocky disse enquanto se cobria com o cobertor.

— Eu concordo Rocky. Aliás, eu não sei se ainda estou com vontade de continuar com aquele bolo, além de nós sermos as prejudicadas por gastarmos os ingredientes do café da manhã, comecei a simpatizar ainda mais com a Violette depois do último desafio. — Catherine comentou.

— Só espero que vocês não comecem a ficar amiguinha dessa aí, ainda tenho minhas desconfianças. Ela é pau mandado da Vicky, pode ser manipulada com facilidade e ficar de leva e traz com as nossas conversas. Mas se nós temos que nos aproximar de alguém é da Penny, vocês viram como ela nos apoiou no desafio, eu a conheço. — Rocky diz após se deitar e todos ficam em silêncio por minutos.

— Por que você está pensativo Troye? — May o questiona.

— Nada, é que é tão estranho se acostumar a continuar nessa competição... Cada eliminação, seja da nossa equipe ou não, é como se fosse uma perda. Nós construímos uma história aqui, vivenciamos isso todos os dias, alimentamos os nossos laços e é difícil aceitar que isso vai acabar. Quero dizer, isso contribuiu de uma maneira muito significativa no nosso amadurecimento, você que o diga Catherine. — Ele disse, conquistando a atenção de todas.

— Isso soa tão dramático, mas ao mesmo tempo realista. Eu ainda me lembro do nosso primeiro debate noturno como se fosse ontem, chega a bater uma nostalgia, mas a distância até que o reality acabe parece ser cada vez menor. Acho que nós, todos nós, independente da personalidade, vamos carregar um pedaço dessa experiência pra sempre. — May comentou, deixando os outros atônitos.

— Ai gente, vocês vão me fazer chorar, vamos mudar de assunto. — Catherine disse com uma voz trêmula enquanto os outros riam. — Falando nisso, tem uma coisa que eu nunca entendi. O nome da nossa equipe é Golfinhos Sábios e o tema de decoração que nós ficamos foi praia, os golfinhos vivem em água salgada então faz sentido, os Gorilas Monstruosos ficaram com o tema de decoração de selva, e em termos gerais, as selvas referem-se as florestas úmidas, mesmo os gorilas vivendo em florestas tropicais, mas a Aurora não deve saber disso então dá pra relevar. Mas e as Borboletas? Qual é a ligação do nome com o quarto?

— Bom, como estamos falando da Aurora pode se tratar de qualquer coisa, mas na melhor das hipóteses ela simplesmente ficou com preguiça e escolheu qualquer coisa.  — Rocky disse, fazendo com que os outros começassem a rir.

A cena muda para o quarto das Borboletas.

— O que eu estou fazendo aqui? — Violette fala para si mesma ao perceber que está no porão. Com pequenos passos ela se aproxima da dama. — Tem alguém aí? — Ela pergunta, batendo na porta da dama. — Hum... Eu podia jurar ter escutado alguma coisa.

— Violette! — A porta da dama se abre e Eliott sai com um sorriso estampado no rosto, correndo na direção de Violette com um buquê de flores. — Violette, eu senti tanto a sua falta. — Ele acaricia seu rosto, feliz com o reencontro.

— Eliott, eu... — Violette estava prestes a falar algo, mas foi rapidamente pressionada contra o corpo de Eliott.

— Eu nunca mais vou abandonar você. Prometo. — Eles se abraçam por minutos e Violette recebe o buquê de flores. — Por que você não veio me procurar? Eu passei tantos dias longe da sua presença, naquele lugar escuro e vazio.

— Como eu poderia... — Antes que pudesse concluir a frase, o castelo começou a desmoronar. Eliott aproximou o rosto de Violette do seu e ambos se beijaram pela última vez antes de serem esmagados pelos destroços. O castelo e o céu se destruíram como se fossem cacos de vidro e Aurora começou a rir maquiavelicamente. — VICKY! — Violette acorda em desespero e começa a balançar Vicky em sua cama até que ela acorde.

— Violette? — Vicky pergunta com uma voz cansativa enquanto levanta a máscara de dormir de seu rosto. — O que você quer?

— E-Eu tive um pesadelo com o Eliot... Posso dormir com você?

Vicky revirou os olhos e bufou, demonstrando impaciência. — Certo, você pode dormir comigo por hoje. MAS, se você me acordar outra vez, intencionalmente ou não, eu não responderei por mim mesma. — Vicky cedeu uma parte da cama e Violette subiu com um sorriso no rosto. Violette a abraçou e Vicky baixou a máscara de dormir de seu rosto. 

A cena corta para o quarto dos Gorilas.

— Acho que todos os membros das outras equipes já estão dormindo. — Damian comentou. — O quarto fica tão silencioso sem a Pepper. É como se faltasse alguma coisa...

— “Faz a tua ausência para que alguém sinta a sua falta. Mas não prolongue demais para que esse alguém não sinta que pode viver sem você.”, Flóra Cavalcanti. — Vandella fez uma citação poética deixando Luke constrangido. — “Quando sentires a falta constante de alguém... Em um raio de sol sentir o toque de alguém... Na brisa leve sentir o suspiro de alguém... Você é portador de um vírus! O amor.”, William Shakespeare.

— Nós podiamos fazer alguma coisa, tentar descontrair o clima. Que tal verdade ou desafio? — Damian sugeriu.

— Não cara, não é a mesma coisa sem a Sakina. — Luke comenta, deixando todos confusos.

 — O que você tá fazendo, Vandella? — Logan pergunta cismado ao observá-la desenhando no bloco de notas.

— Nada de mais. — Ela responde de forma breve enquanto desenha Catherine no bloco de notas. A cena muda para o confessionário. — “O amor é isso. Não prende, não aperta, não sufoca. Porque quando vira nó, já deixou de ser laço.”, Mario Quintana. — Vandella abraça o bloco de notas esboçando a coisa mais próxima que tem a um sorriso e o confessionário acaba.

De volta para o quarto das Borboletas.

— Não sei como a Violette consegue dormir com essa favelada roncando, parece um trator. — Vicky fala para si mesma sussurrando, para não ser escutada por Aurora. Ela entra debaixo da coberta e desativa as câmeras de vigilância do castelo com o celular. — Violette, acorda!

— Toddy... Eu... eu sinto... — Violette fala para si mesma enquanto dorme, até levar um tapa de Vicky e acordar. — Vicky? Nós já temos que levantar? — Ela pergunta bocejando com os olhos quase fechados e uma voz cansativa, mostrando claramente querer continuar dormindo.

 — Fala baixo, não queremos acordar a favelada. — Vicky disse sussurrando enquanto deixava o quarto em pequenos passos e Violette a seguia.

— O que você vai fazer? — Violette pergunta com preocupação.

— Lembra o que a Rocky perguntou quando nós chegamos ao castelo? "Mas e se alguém de outra equipe entrar no nosso quarto enquanto nós estivermos dormindo?". Vamos fazer uma pequena visita aos nossos amigos Golfinhos! — Ela disse persuadindo Violette com uma voz meiga.

— Eba! Adoro visitas! — Violette comemorou enquanto batia palmas.

— Sim Vio, mas presta atenção: essa é uma visita especial, portanto, não toque em nada que nós encontrarmos no quarto deles. Nós não queremos estragar a surpresa, não é mesmo? — Ela disse enquanto abria a porta do quarto dos Golfinhos lentamente para não acordá-los e Violette balançou a cabeça concordando.

— Olha! O piso deles parece areia de parquinho. — Violette sussurrou enquanto apontava para o piso, e ficou sentada por cima dos quadrados de vidro olhando para a areia, fascinada. — Eu nunca tinha vindo aqui antes.

— Hum...  — Vicky pega uma canetinha vermelha jogada em cima do armário ao lado da cama de Catherine. — Vio, me faz um favor? Vigia a porta e se você perceber que tem alguém se aproximando, me avise. Nós não queremos ser pegas fora do nosso quarto, não é? — Vicky sussurra com uma voz angelical e olhos pidões e Violette observa o lado de fora pela fechadura.

Vicky pega a canetinha e desenha dois olhos esbugalhados e escreve "perdedora" na testa de May.

— Não se preocupem meninas, vocês são as próximas. — Vicky fala para si mesma em um tom baixo. Baixo a ponto de nem Violette conseguir escutar. Ela pega um tubo de cola jogado no chão e despeja no suéter e no cobertor de Catherine, deixando a cama toda pegajosa. — E quanto a você... — Ela se aproxima da cama de Rocky e com uma tesoura que pegou ao lado da cama de May, corta uma de suas tranças e embrulha em uma sacola plástica, tudo com o maior cuidado para não acordarem. Depois, ela pega seu pó compacto e espalha de leve sobre a sacola plástica para ocultar as impressões digitais e a deixa do lado da cama de Rocky.

Vicky caminha até a direção de Violette para que ambas pudessem sair, mas antes que chegasse até a porta, acabou aproximando sua mão e a mão de Troye.

— O que... — Troye abre os olhos com dificuldade e a imagem de Vicky começa a se formar aos poucos. Ela entra em desespero e o asfixia com um travesseiro por tempo suficiente que ele desmaie e elas consigam fugir.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória